Porto Alegre – Construído a partir de um mapeamento realizado em Porto Alegre, o projeto Conexão Healthcare é uma iniciativa do SEBRAE/RS, em parceria com o Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) para aprimorar o trabalho das empresas ligadas à área da saúde. Está prevista a participação de 15 micro e pequenas empresas do segmento de geriatrias e instituições de longa permanência para idosos (ILPI). Empreendedores interessados em participar dessa iniciativa pioneira podem entrar em contato pelo número (51) 99791-3111 ou pelo e-mail lucasa@sebrae-rs.com.br

 
De acordo com Lucas Alves, gestor do projeto, “a expectativa de vida da população é cada vez maior e as evoluções médicas unidas ao avanço tecnológico e à constante preocupação com a saúde e bem-estar, são fatores determinantes nesse aumento do número de idosos”. Ainda segundo o gestor, esse panorama amplia as perspectivas de mercado e faz com que as instituições especializadas no cuidado com idosos tenham que, cada vez mais, se profissionalizar, buscando uma maior competitividade.
 
O perfil desse tipo de empresa é bastante variado. Entretanto, as instituições são reguladas por uma série de requisitos para o funcionamento como adequações estruturais, normas de acessibilidade, número de profissionais envolvidos nos atendimentos, entre tantas outras exigências legais que acarretam um alto custo e complexidade na operação das casas.
 
O principal objetivo do projeto é potencializar a geração de negócios entre as empresas que atuam nos elos da cadeia de valor da saúde, no segmento das geriatrias. “Uma das ações deste primeiro ano será o mapeamento dos processos para identificar os gargalos e promover a melhoria dos principais fluxos produtivos nos empreendimentos”, relata o gestor do projeto.
 
O projeto terá dois anos de duração e para o primeiro ciclo estão previstas uma série de ações para aprimorar a gestão e a geração de negócios em busca de empresas mais competitivas no setor. “Pretendemos organizar compras conjuntas e iniciativas de cooperação, oficinas de marketing e comunicação, mapeamento das demandas, além de muitas consultorias realizadas diretamente nas empresas em busca de uma transformação mais profunda”, revela Alves.
 
Fonte: Sebrae-rs.com.br
Fechar Menu