GERIATRIA CLÍNICA INTERNACIONAL (PUCRS/UNIVERSIDADE DO PORTO) – 3ª EDIÇÃO

 

O conceito de saúde e de medicina comunitária para as pessoas mais idosas tornou-se uma referência para a OMS na Europa e no Mundo. A humanização dos cuidados, a promoção dos direitos das pessoas mais velhas, os cuidados antecipados e continuados, a prevenção do abandono terapêutico, de maus tratos, da subnutrição, do isolamento social e do sedentarismo tornaram-se as bases de programas de promoção da saúde e de "Bem Envelhecer".
O médico que se preocupa com o doente idoso tem que ser capaz de diferenciar o envelhecimento normal do envelhecimento anormal e reconhecer as apresentações atípicas das doenças mais freqüentes nesta faixa etária. Da mesma forma, deve ser capaz de reconhecer os síndromes geriátricos e as diferenças na história natural e nos tratamentos preferenciais das doenças específicas do doente idoso.
 
Mais informações sobre o curso aqui ou no site
Fechar Menu